sábado, 15 de julho de 2017

196º dia, Nossa Senhora do Doce Beijo


Por Deiber Nunes Martins
O título “Nossa Senhora do Doce Beijo” é uma variação do termo Glykofilusa, que é um ícone da Igreja oriental, do século XVII. Também é conhecida como Nossa Senhora da Ternura. Esta devoção começou com os russos que ao verem o ícone de Nossa Senhora do Doce Beijo, admiraram o semblante da Mãe de Jesus e a delicadeza dos gestos entre Mãe e Filho. Impressiona o carinho entre os dois, um traço marcante do artista que retratou a imagem de Nossa Senhora do Doce Beijo. A imagem traz Jesus em posição de total abandono no colo de sua Mãe, que o sustenta com a mão direita. O Filho com a mão direita acaricia o rosto da Mãe e com a esquerda segura um pergaminho, com as Leis de Deus.
Em estilo bizantino, a imagem de Nossa Senhora do Doce Beijo é muito popular na região dos Balcãs.
OREMOS:
Nossa Senhora do Doce Beijo, com ternura nos ensinas a amar Nosso Senhor. Ajuda-nos a levar este amor também aos nossos familiares. Quão belos são os gestos de carinho entre Mãe e Filho, que precisam ser replicados em nossas famílias! Fazei com que tenhamos um coração manso e humilde, capaz de amar sem medidas e viver a vida com muita ternura, para que todos os que se acheguem até nós, sintam como se estivessem contemplando, vivenciando a vossa imagem do Doce Beijo.
Nossa Senhora do Doce Beijo, velai por nós!
REFERÊNCIAS:
ZANON, Frei Darlei. Nossa Senhora de Todos os Nomes: Orações e História de 260 Títulos Marianos. São Paulo: Ed. Paulus, 2014.

Site da Rádio Aliança FM, disponível em http://www.alianca.fm.br/aliancacrianca/2089, último acesso em 18 de julho de 2017 às 11h11min.

Nenhum comentário: