terça-feira, 1 de abril de 2008

Quando um dia Começa

Por Deiber Nunes Martins

Foi nesta tarde que eu senti começar meu dia. Antes, era como se estivesse vivendo um prolongamento do dia de ontem, o domingo. Existem coisas que a gente não fala, já dizia certa vez uma amiga muito querida, que infelizmente perdi o contato. Mas ela está certa. Existem coisas que a gente não fala. Mas não podia deixar de dizer que parte do domingo não me desceu bem. Então, como a surpreendente goleada do Galo no último sábado, eis que vem minha namorada, a salvar-me.
Em pequenas coisas, sinto o imenso amor de Deus por mim. Num simples gesto da amada, ou numa simples palavra dela, entendo o que sozinho não posso entender. Talvez, meus colóquios com Deus ainda não sejam tão profundos como deveriam, mas onde sou limitado, vem minha orquídea para completar-me. Assim ela me salva. Ela é o anjo que Deus me enviou para cuidar de mim. E mesmo estando longe, Deus mostra seu poder nas palavras. Nas frases soltas de um diálogo via MSN ou GTalk. Deus vai além, onde nossas forças são restritas.
E por isso, quando eu percebo que estou com dificuldades em alguma coisa, em alguma área de minha vida, Deus me concede os meios necessários para entender. E quando não consigo por mim mesmo, acontece como hoje. Vem o meu anjo, a minha flor a me socorrer. Ainda não estou totalmente recuperado, ainda tenho alguns pontos a entender e aonde preciso aquiescer meu coração. Mas creio no poder e no amor de Deus para a minha vida!
Senhor, em sua infinita bondade, conduza-me passo a passo rumo ao conhecimento do que preciso saber. E me perdoe por esta única ambição que possuo: o conhecimento. Amém.

Belo Horizonte, 31 de Março de 2008.

Um comentário:

Barbara disse...

Meu Bem,
É certo que durante nosso percursso durante o dia Deus vai nos dando oásis para descansarmos e revermos os acontecimentos proprios que entrelaçam em nossa mente...Saber ouvir é sempre um sinal de desejo de saciar sua sede! Vc me surpreende pela docilidade do acolher o simples de um um dia só!
Caminhamos juntos...Bj,Orquidea