terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Canção Nova III - Evangelização

Por Deiber Nunes Martins

Uma das coisas que mais impressionam na CN é a sua capacidade evangelizadora. A evangelização é tratada em todos os meios de comunicação. Se evangeliza por meio de livros, revistas, CD's, DVD's, brindes, e toda a espécie de material possível e imaginável. Também se evangeliza por meio da dança, do teatro, música e afins. A evangelização está presente nos quatro cantos da Canção Nova.
As pessoas se sentem tocadas por Deus, no carisma das outras pessoas, na alegria da acolhida, e na animação do ambiente. Em tudo o Espírito Santo habita e impressionam os momentos vivenciados naquele lugar.
O chamado Rincão novo é um Centro de Evangelização. Um espaço com capacidade para mais de cinqüenta mil pessoas. E durante o Hosana estava lotado. As pregações foram muito boas. Infelizmente, devido aos contratempos descritos na viagem, acabamos por perder várias palestras, inclusive a homenagem que foi feita ao saudoso Padre. Léo, falecido no início deste ano.
No domingo pela manhã, logo cedo, às oito horas, tivemos a Santa Missa. Mais uma vez presidida pelo Monsenhor Jonas. Em sua homilia, ele falou sobre a necessidade que temos de estar em sintonia com o Espírito Santo e de clamarmos a todo o tempo pelo Batismo no Espírito. Este, precisa ser renovado dia a dia, ele falava. No decorrer da Santa Missa, sentíamos como o poder de Deus atua em nós. Ficou claro o tempo todo isso. Em um dado momento, houve um testemunho dado por um médico da CN de que um senhor havia ficado de pé após receber a Eucaristia, na Missa do sábado. Detalhe, ele havia perdido o movimento das pernas após sofrer um AVC.
O Espírito Santo se manifestou prontamente na Missa de Domingo. Seja na chuva que caiu sem ser esperada, no ventinho que inundou todo o rincão ou na riqueza da pregação do Monsenhor Jonas que disse que o nosso batismo no Espírito é como uma toalha imersa em uma vasilha com água. Esta toalha encharcada é o que o Espírito Santo faz com a gente: Ele nos encharca com sua luz e com seu poder. E assim não somos mais nós a agirmos, mas Deus que age em nós, pela ação do Espírito Santo.
Após a Santa Missa, tivemos a adoração ao Santíssimo Sacramento, iniciada com uma linda procissão, por todo o Centro de Evangelização. Durante a procissão, uma senhora com problemas de locomoção tentou tocar a arca onde estava Jesus Eucarístico, mas não conseguiu. Ela não dobrava a perna e não conseguia caminhar. A vontade de se aproximar de Jesus e de tocá-lo aliada a sua fé falaram mais alto: alguns minutos após a arca com Jesus ter sido colocada sobre o altar, ela chegou a este, caminhando. Então, sua filha adotiva, contou toda a história, emocionando a todos ali. E Monsenhor Jonas Abib a conduziu até Jesus, satisfazendo a sua vontade de se aproximar do Senhor.
A veracidade dos testemunhos, os olhares cintilantes e extasiados, a euforia das pessoas após os momentos de oração, confirmam todo o carisma evangelizador da CN. O Espírito de Deus repousa sobre cada um daqueles que por ali passam. E por isso não há como não ser tocado,
Deus Pai Todo Poderoso, permita-nos inebriar cada vez mais da ação do Espírito Santo para que não fechemos nosso coração às realidades de nossas vidas. E que as maravilhas vistas na Canção Nova não sejam apenas a Canção Nova, mas sejam também a extensão da nossa vida. Amém.

Um comentário:

Barbara disse...

Deiber my dear,
li todos os posts sobre a Cn..achei bom,porem confesso que vc fosse relatar sua experiencia pessoal com a presença de Deus naquele lugar...O que Deus te falou,onde ele mecheu e acima de tudo o fruto que vc pode perceber nesse pouco tempo da estada no santuario do carisma CN...
Espero que vc tenha vivido mais do que visto...Acredito que Deus foi e vai alem com vc...

Bj,Orquidea