quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Piada Sem Graça no País da Piada Pronta

Por Deiber Nunes Martins

A piada sem-graça do Stallone sobre o Brasil, no começo causou-me asco. Como podem vir aqui e esculhambar com nosso país? Como podem nos comparar a “macaquitos”? Mas os assuntos e sobretudo os negativos, fermentam em meu estômago cerebral, que fica ali perto do córtex frontal, e fazem com que eu reflita melhor sobre a questão.
Se a princípio aprovei o “Cala a boca, Stallone!” agora estou com o pé atrás. Penso eu:
“E se o Rocky Balboa estiver certo? Porque aqui no Brasil, se explode com os aposentados, vetando em dia de jogo da seleção em Copa do Mundo o fim do nefasto Fator Previdenciário e o povo ainda aprova o governo que tem. Explodimos a notícia com um jornalismo cada vez mais mercantilizado e ninguém faz nada a não ser dar mais pólvora, legitimando o fim do diploma para jornalista. Explode-se a justiça com tantos hábeas corpus, recursos, liminares e outras ferramentas diabólicas dos “adevogados”. Sim! Adevogados com E, dando fala ao D de desonestidade e descompromisso com a ética, a justiça e o bem comum. Explode-se a nossa paciência com a falta de transporte público decente, com a falta de respeito das empresas, sobretudo as prestadoras de serviços essenciais. Explode com o respeito humano onde até pra respirar tem fila, o supermercado virou um martírio com filas intermináveis, desrespeito total ao idoso, a gestante, ao deficiente físico e por aí vai. Explode-se com o nosso sossego, com o início das campanhas eleitorais, o mesmo blá-blá-blá de sempre e as mesmas figurinhas sujas do passado, e olha que aprovou-se a Ficha Limpa! Explode-se com o entretenimento, criando-se o “entretetanimento” com programações de rádio e TV cada vez mais pobres, teatro e cinema cada vez mais elitizados, não pela qualidade mas pelo preço cada vez mais absurdo...
Enfim, no Brasil, explode-se com tudo e o povo fingindo-se inocente de tudo e cada vez mais acéfalo, oferece os “macaquitos” ao não se escandalizar mais, ao não exigir melhorias, ao não protestar e ainda se achar ofendido com uma piadinha babaca que tem todo fundo de verdade. Talvez fosse diferente se tal piada fosse contada pelo Chico Anísio ou pelo Jô Soares, ou ainda na coluna do Veríssimo ou do Jabor. Aí, nós brasileiros, bancaríamos os entendidos e levaríamos na esportiva. Mas como foi feita por um gringo, temos que pagar o mico quixotesco de se escandalizar. A emenda fica pior que o soneto...
Falta a nós brasileiros, um pouco mais de auto-análise. Será que estamos de fato, fazendo alguma coisa por este país? Falta a nós, brasileiros, pensar duas vezes antes de rir ou chorar das piadas, sobretudo as infames, e as piadinhas prontas. Assim, quem sabe daqui a dez anos, tenhamos mesmo a razão em protestar das piadinhas dos gringos. Porque de fato não serão nem infames, serão mesmo sem-graça.

Belo Horizonte, 04 de Agosto de 2010.

5 comentários:

Karol Dantas disse...

ola!!!
adorei seu blog!!!
gostaria que conhecesse o meu sobre saude da criança: http://saudedacriancadeaaz.blogspot.com/
obrigada e felicidades!!
bjss

LUCECCY disse...

Concordo com vc, às vezes somos ignorantes mesmo.Pode ser uma falta de conhecimento,sabedoria e instrução sobre determinado tema, ou mesmo crença em falsidades. Nós precisamos de ler e muito!!
Gostei do seu blog. Já estou te seguindo

joven disse...

beautiful blog..pls visit mine and be a follower.. thanks and God bless..

http://forlots.blogspot.com/

club do softhard disse...

Ola bacana o seu coteodo acesso tambem o meu blog e deixe o seu cometario!
http://clubdosofthard.blogspot.com

Jonny Owl disse...

Caro Deiber,
fico feliz em saber que há no Brasil pessoas como você
honestos e comprometidos "com a ética, a justiça e o bem comum" (provavelmente um ativista); respeitosa;
bem informada com respeito a eleições a ponto de achar a divulgação política desnecessária (responsabilidade eleitoral deve exigir um grande esforço, invejo);
que produz ou investe em arte de qualidade;
que faz algo em relação à própria hipocrisia e "acefalia";
revolucionária
a ponto de apontar todos esses erros em centenas de milhões de iguais que o cercam.

Entretanto, senti falta de uma coisa essencial, e gostaria de incentivá-lo a publicá-la em um futuro artigo: Qual a solução proposta por você para cada um desses problemas tão bem conhecidos da população brasileira?
E: quais as medidas que você já está adotando?

Se você aceita minha colaboração, eu proponho: humilharmo-nos, e orarmos, e nos convertermos dos nossos maus caminhos, e obedecermos Jesus Cristo, vivendo plenamente o que orientam as Escrituras (Bíblia).

Att
http://jonny-owl.blogspot.com