quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Ma Fleur

Ma Fleur
(Minha Flor)
São tantas coisas que tenho a te dizer, que as palavras não cabem num quase monólogo escrito e produzido por mim. Um texto cheio de variações, mas o meu amor por você é invariável. Um sentimento único que me leva a ter você em meus sonhos de criança. Sonhos tão possíveis! É por pensar em você que escrevo. É por pensar em você, minha flor que eu existo. É por pensar em você, que eu vivo. Vivo para amar-te.
Pois sem você todo verso seria sem melodia. Um doce canto, sem sabor seria sem você. Um sorriso não teria graça, a vida seria séria demais pra vivermos... Mas você existe e você é a razão do meu cantar. É a razão da minha verve, dos versos flamejantes de amor. Versos que não cabem dentro de mim e se expandem por todo o Universo. Verso que me consome, chama de amor sem fim.
Minha Flor, minha Pequena, minha Menina! Você é a razão da minha vida! Você é a estação mais bela e próxima, num caminhar rumo ao infinito. Você, minha flor, é o meu horizonte. Você, eu procurei por toda minha vida e agora viverei para te amar. Por todo o sempre. Pois é assim que vai ser e é assim que é. Fusão do futuro com o presente é a procura do passado. Minha vida e a tua têm um só destino: a felicidade.
Mesmo que percalços nos assolem pelo caminho, ainda assim viverei feliz, com você a meu lado. Mesmo que os inimigos me façam capitular, não desistirei do seu amor, não desistirei de te amar. Porque não posso desistir de mim mesmo. E sem o meu amor por você, eu não existo.
E por você, eu crio o monólogo da minha vida, destinada a você. Uma peça escrita dentro do coração, com carinho e amor incondicional. Um monólogo dedicado à Mulher que amo e a tudo o que este amor representa pra mim. Um sentimento uno, único, que me faz carregar-te e ser carregado, cuidar-te e ser cuidado. Amar-te e ser amado.
Eu amo você, amada de minha vida!

2 comentários:

Barbara disse...

lindooo, Lí esse texto e confesso que é fantastico rsrsr dizer o que pensa é...tudo de bom...Mas Recordei-me de uma musica linda do maninho que traduz tanats coisas bonitas que a gente aprende com o princiopio do amor: a maizade:
"ARVOREANDO
Flores são todas as cores
Se tantos amores
Que eu nunca esqueci
Límpida passa no peito essa seiva
Verdade que me une a você
Livre de toda a maldade
Essa tal de amizade pra mim é raiz
Que deixa marcas no solo
É a beleza do colo, do ombro e do sim
Necessidade da terra
Presença
Essencial para a vida
A sua maneira de ser para mim
Já poda o que há de ruim
A minha vontade de ser pra você
Feito sombra, descanso sem fim
E se algum dia esquecer de mim
Só se lembre que eu tenho raiz
Só se lembre que estou por aqui..."

Um chero

Blog do Deiber disse...

Linda a letra desta música, Bárbara. Saiba que a amizade é isso mesmo: é estar junto sempre, é dar ao amigo(a) a certeza de que a qualquer momento, estamos por aqui.
Beijos!